Capela Sto Isidoro
Página Principal Paroquias.org
Inteligência Espiritual

  Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017    Orações Terço Via-Sacra Via Lucis

3.4 A Bíblia: O Novo Testamento

O Novo Testamento é a parte da Bíblia (cf. 1.2) que nasceu na Igreja de Cristo. É composto de vinte e sete livros escritos pelos apóstolos, missionários e mestres, entre os anos 50 e 100 depois do nascimento de Cristo. Encontramos nele 21 epístolas (cartas) - 13 de São Paulo dirigidas a diferentes comunidades. Estes livros foram rapidamente considerados uma instrução apostólica normativa para a Igreja.

Os quatro evangelistas (São Mateus, São Marcos, São Lucas e São João) testemunham, cada um a seu modo, os factos, gestos e palavras de Jesus Cristo, Nosso Senhor, assim como a sua Paixão e Ressurreição. Nos Actos dos Apóstolos, o evangelista São Lucas descreve a história da Igreja primitiva, que se constitui sob a direcção de São Pedro em Jerusalém, e o trabalho dos primeiros missionários, em particular São Paulo. O último livro do Novo Testamento, o Apocalipse de São João, contém as imagens proféticas e o anúncio da vitória definitiva de Deus sobre os poderes do mal.

A Bíblia é constituída pelo Antigo e Novo Testamento. A Igreja acredita que o Espírito Santo de Deus preservou do erro os homens que escreveram estes livros e que o seu testemunho é digno de fé, verídico e fiel. Como os autores da Sagrada Escritura redigiram na língua do seu tempo, eles devem ser reinterpretados em cada época, para cada comunidade. Mas como o Espírito Santo de Deus é o garante dessa autenticidade, resultam válidos para todos os tempos. Os escritos bíblicos reconhecidos como verdadeiros e autênticos pela Igreja formam o cânon da Escritura Santa. São lidos na Missa e constituem o fundamento da fé.

 


Muitos outros milagres realizou ainda Jesus, na presença dos discípulos, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para crerdes que Jesus é o Messias, o Filho de Deus, e, crendo, tenhais a vida n'Ele.

EVANGELHO SEGUNDO SÃO JOÃO 20,30-31
 

Apostólico: Os apóstolos transmitem aos seus sucessores, os bispos, o ministério que Jesus mesmo lhes confiou. A cadeia da tradição une-nos aos começos.

Evangelho: "A Santa Mãe igreja defendeu sempre e continua firmemente a defender e com a maior constância, que os quatro Evangelhos, dos quais ela afirma sem hesitar a historicidade, transmitem fielmente o que Jesus, Filho de Deus, durante a sua vida entre os homens, fez realmente e ensinou para a sua salvação eterna, até ao dia em que foi elevado ao céu". (Concílio Vaticano II, Dei Verbum 19).

Espírito Santo: À assistência do Espírito Santo na composição dos livros bíblicos chamamos "inspiração".

Cânon: Significa "regra". Chamamos assim ao conjunto dos textos reconhecidos pela comunidade dos crentes como inspirados. Só estes podem ser lidos durante o culto divino.



<< Anterior
Jesus Cristo, Nosso Senhor
Seguinte >>
Concebido pelo poder do Espírito Santo, Nasceu da Virgem Maria


Esta semana
Clique na data para ler a Liturgia do respectivo dia.


Liturgia de hoje
Leitura I:

Salmo:

Evangelho:

Liturgia das Horas:

Terço do Rosário:


 

   


© 1999-2017 Paroquias.org