Fóruns Paroquias.org
paroquias.org

  A participação no Fórum Paroquias.org está condicionada à aceitação das Regras de Funcionamento.
Fóruns Paroquias.org : Sacramentos

 

Ir para tópico de discussão: AnteriorPróximo
Ir para: Lista de fórunsLista de mensagensNovo tópicoPesquisarEntrar
Ir para a página: 12Próximo
Página actual: 1 de 2
anular casamento religioso
Escrito por: mfatima (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 13:47

ola a todos!!!

á 4 anos casei pela igreija, mas ao fim de um ano divorciei me devido as varias traiçoes do meu marido! entretanto conheci uma pessoa com qual eu estou e com a qual espero uma filha para o mes que vem.
queria anular o meu casamento e casarme e baptizar a minha filha no mesmo dia.
será o mesmo possivel??
sabem me dizer quanto tempo demora a anular o casamento religioso??

obrigada e um feliz dia a todos

Re: anular casamento religioso
Escrito por: vitor* (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 14:33

Fará assim tanta diferença? Pergunto isto,porque qualquer pessoa que dê importância ao casamento religioso e lhe conceda o devido valor de eterno,deverá primeiro tentar anular o casamento antes de practicar um potencial adultério. Qualquer pessoa com a consciência do compromisso assumido e da importância do sacramento e temor de estar em falta de pecado para com Jesus Cristo Nosso Senhor não correria o risco de lhe estar em falta. O casamento não é um acto de superstição, mas de fé. É algo de imensamente sério, para o qual as pessoas devem estar consciencializadas. Confessava-me há bem pouco tempo, o padre responsável pela pastoral familiar da minha diocese, que muitas vezes nota-se durante os encontros preparatórios para o matrimónio, que as pessoas não estão preparadas para assumir aquele compromisso tão sério. Evidentemente ele também confessava que não existe coragem pastoral para negar o matrimónio a essas pessoas. Enfim...

Voltando à sua pergunta, penso que o acto de anulação do matrimónio é um acto moroso e dispendioso. Penso que terá sucesso se conseguir provar que o seu marido à data de celebração do seu casamento(repito:à data de celebração), já tinha intenção de não cumprir com a premissa da fidelidade e com as obrigações matrimoniais. Ou seja estava de má fé durante a celebração do casamento. Nesse caso o casamento é sem problemas considerado nulo.
Não acho boa ideia casar e baptizar no mesmo dia, mas ao mesmo tempo também não sei se é possível. Normalmente as pessoas casam e depois têm filhos.

Cumprimentos e felicidades.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Lena (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 19:00

Depois admiram-se que as pessoas se afastem da igreja.

Quem eu conheci e admirava já cá não anda, pelos vistos morreu. Em breve serei eu. Melhor assim.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: mfatima (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 19:21

Sr. Vitor,

nao percebo o porque de por em causa a minha fé!!! lamento mas nao me conhece de lado nenhum para julgar desta maneira, ate porque se for religioso e cre em Deus sabe perfeitamente que voce nao é ninguém para julgar os outros!!!! só Deus o pode fazer!!!!

em relação á minha filha,a mesma nao foi planeada mas tou muito feliz com a vinda dela!!!! tou a ver que por si, era preferivel ter feito um aborto do que ter filhos antes de casar!!! se calhar ate já o fez!!!!

em relaçao ao meu ex marido e a provar que no dia do casamento ele ja pensava em trair me, lamento informa lo mas nao tenho o dom de entrar na mente das pessoas!!!! tenho testemunhas sim, das traiçoes de que fui vitima!!!!

e já agora, fica a saber que gostava de casar e baptizar a minha filha para que ela um dia nao encontre ninguem na vida dela tao preconceituoso como o senhor e lhe diga que ela é filha do pecado ou de adulterio!!!!

as pessoas as vezes falam sem saber do que falam e isso sim é muito triste!!!

a igreja cada vez tem menos gente por pessoas como o senhor!!!!

só peço a Deus que lhe ensine o que é o amor, o perdao e o respeito pelos outros, pois pelos vistos nenhum destes valores faz parte da sua vida!!!!

Re: anular casamento religioso
Escrito por: vitor* (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 19:46

Citação:
Lena
Depois admiram-se que as pessoas se afastem da igreja.

Não percebo porque dizes isso!
Afinal eu nao disse nada de absolutamente extraordinário.
Aqui na minha zona houve um curso de marketing aplicado a instituições religiosas e convidaram-me! Eu não participei.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: firefox (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 19:50

Olá mfatima,

Tb eu não conheço sua vida, nem seu coração, além do que tb tenho cá meus pecados, assim, longe de mim querer te julgar por alguma coisa que mal conheço. O motivo deste é apenas pedir que não desanime com a primeira resposta. De um jeito ou de outro, acabou trilhando um caminho difícil, então paciência.

Continue orando.

Paz e Bem.



Editado 1 vezes. Última edição em 08/07/2008 19:55 por firefox.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: mfatima (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 19:52

firefox,

muito obrigada pelas palavras de apoio!!!

certamente Deus irá ajudar me!!!!

obrigada

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Lena (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 20:08

Citação:
vitor*
Citação:
Lena
Depois admiram-se que as pessoas se afastem da igreja.

Não percebo porque dizes isso!
Afinal eu nao disse nada de absolutamente extraordinário.
Aqui na minha zona houve um curso de marketing aplicado a instituições religiosas e convidaram-me! Eu não participei.

Tenho pena que não percebas e nem sei dizer isto com mais elegância mas,às vezes não é tanto o que se diz mas o como se diz.
Por favor relê o teu post e atenta na reacção da mfatima, talvez assim entendas.

Quem eu conheci e admirava já cá não anda, pelos vistos morreu. Em breve serei eu. Melhor assim.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: vitor* (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 20:59

Acalme-se Fátima.
Não vou entrar em ataques pessoais. Não viu nenhum nas minhas palavras acima, muito menos juízos de valor. Dispenso que o faça com a minha pessoa. Eu discuto ideias.

1- referi acima um acto de coerência: primeiro anular o casamento, depois assumir outro compromisso.

2- Quando pergunto "fará diferença", quero-lhe perguntar e se o seu casamento não for anulado? Fará alguma diferença na sua vida? Mudará alguma coisa. Acho que não, nem poderia mudar, porque neste momento existe outro interessado: essa criança. A sensatez já não chega a tempo. Não confunda, não lhe estou a chamar insensata. Eu posso arranjar um carro e não ser mecânico. Eu posso errar e ser uma pessoa de fé. Se acho que é uma pessoa de fé, sim pode ser. Se acho que cometeu um erro acho que sim, mas pode ser uma pessoa de fé. Por isso não construa frases :" tu és/você é" ou "você deve ser" ou "alguém tão preconceituoso". Não vê nada disso no que eu disse acima. Tracei um conjunto de considerações impessoais.

3- Quando pergunto "fará diferença", estou a pensar nas pessoas que tendo consciência da seriedade do seu compromisso, assumem outro quando se desvinculam do primeiro. Isso garante-me a mim que essa pessoa interiorizou a responsabilidade perante Cristo e que o valoriza tanto, tanto interiormente que não cairá no risco de estar em pecado. É a mesma situação que é referida por Paulo : na dúvida não o faças. Lá está(a velha hisória do mecânico) não estou a dizer que não valoriza o valor do casamento, poderá ter acontecido outros factores que desconheço, que a poderão ter influenciado negativamente e mesmo assim valorizar o casamento. Só estou a generalizar.

4- Por último. Sou contra o aborto, mas não sei se ficaria muito bem para a posição da Igreja, que defende a procriação dentro do casamento baptizar a criança na mesma altura do casamento. É quase como a Igreja se auto proclamar hipócrita. Por isso ponho as minhas dúvidas que alguém o faça.

Por isso basicamente o que eu queria dizer :

5- Quando assumir um segundo compromisso perante a Igreja e Jesus Cristo, seja prudente(não estou a dizer que não o é, é a velha história do mecânico).Só o digo para o seu bem. Quando o seu casamento for anulado, e disser sim pense: é para toda a vida ou até a Igreja com o poder conferido por Jesus Cristo anular este casamento. Interiorize ipsis litteris essa responsabilidade.

PS não me trate por senhor.
PS2 "Fé fraca é superstição, fé forte é montanhismo." nõ faz parte do texto, é a minha assinatura.
PS3 estou com dificuldade em escrever no fórum, pois as letras que teclo, muitas vezes não aparecem no visor. Daí alguns erros.
PS4 um caso paradigmático:[www.paroquias.org] Aconselho a ler as minhas considerações, no final do tópico. Bem haja.
PS5 as pessoas não vão à missa ou abondonam a Igreja por alguém em particular, mas sim porque o Mundo é hoje muito mais apelativo. Isso reflecte-se nas atitudes dos Cristãos, que por sua vez fazem desencorajar a fé de outros cristãos. É o efeito bola de neve. As coisas são para piorar e não é com atituds de marketing religioso, ou facilitismo doutrinário que as coisas mudam.



Editado 3 vezes. Última edição em 08/07/2008 21:26 por vitor*.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: mfatima (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 23:00

Sr. Vitor,

eu quando casei a primeira vez era para toda a vida!!!! nao tenho culpa que a outra pessoa nao pensasse da mesma maneira!!! e só agora decidi anular o casamento anterior pois só agora consegui voltar acreditar no amor eterno e na felicidade conjunta!!!!

em relaçao a todo o resto, nao me vou dar ao trabalho de lhe responder, apenas lhe peço que nao responda mais a este tópico pois, opinioes como a sua a mim nao me interessam!!!!

obrigada

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Lena (IP registado)
Data: 08 de July de 2008 23:46

mfatima

embora entenda a tua indignação, peço-te que sejas mais suave com o vitor*
Aliás, é um exagero dizeres ao vitor* para não responder aqui. Tu podes ser a autora do tópico, mas não és a dona e este é um fórum aberto.
Para ser ouvido há que saber ouvir.

Quem eu conheci e admirava já cá não anda, pelos vistos morreu. Em breve serei eu. Melhor assim.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Rui B (IP registado)
Data: 09 de July de 2008 00:47

Citação:
vitor*
Penso que terá sucesso se conseguir provar que o seu marido à data de celebração do seu casamento(repito:à data de celebração), já tinha intenção de não cumprir com a premissa da fidelidade e com as obrigações matrimoniais. Ou seja estava de má fé durante a celebração do casamento. Nesse caso o casamento é sem problemas considerado nulo.
Citação:
mfatima
em relaçao ao meu ex marido e a provar que no dia do casamento ele ja pensava em trair me, lamento informa lo mas nao tenho o dom de entrar na mente das pessoas!!!! tenho testemunhas sim, das traiçoes de que fui vitima!!!!

Não sou especialista nestas questões, mas permitam-me que traga para aqui esta informação que me parece fundamental e que parece estar a ficar esquecida entre todas as respostas.

O Matrimónio não se anula, mas sim é declarado nulo. Ou seja, a Igreja não diz que o casamento acabou e vai ser anulado porque o marido traiu a mulher. A Igreja pode dizer que o casamento é nulo porque não foi celebrado de boa fé. Ou seja, a questão permanece mesmo na própria celebração e não no que aconteceu depois.

Atenção que aquilo que estou aqui a dizer é aquilo que a Igreja, como instituição, faz. O entendimento de cada um é outra coisa.

Se por acaso houver alguém que perceba mais disto por aqui, peço que me corrijam se estiver errado. Só quis salientar este ponto que ficou esquecido.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: soniavsilva (IP registado)
Data: 25 de September de 2008 13:03

Olá mfatima,
O meu nome é Sónia e estou a tratar do processo de anulação do meu casamento. As coisas não são fáceis e não sei se vais conseguir. Eu casei em 2004 e estive apenas 3 semanas casadas. A razão para a minha anulação foi que no casamento sempre houve 3 pessoas. Mas para quem teve casada 3 semanas estou à 4 anos à espera da anulação. O processo é muito demoroso. Eu iniciei tudo na minha paróquia, lá disseram-me que o processo tinha pernas para andar. Tive que depois fazer uma carta a expor o que se tinha passado, tinha a ajuda de um Cônogo de Lisboa e finalmente fui entregar tudo ao Tribunal Patriecal de Lisboa. Este ano liguei para lá e estavam a começar a analisar os processos de ínicio de 2004.
Isto tudo para te dizer que também eu refiz a minha vida, tenho uma filha de 7 meses e vou baptiza-la e carsar-me no mesmo dia. Não pela Igreja porque a anulação pode demorar mais de 1 ano a sair. Não vou deixar de casar e de baptizar a minha filha por causa disso.
Só mais uma nota, tens sempre que arranjar 3 testemunhas - nome e contactos - e deixar também os contactos do teu ex-marido. A anulação passa por um tribunal onde ele e as testemunhas vão ser chamadas a depor.

Espero ter sido útil e não desanimes com o que as outras pessoas dizem, o importante é estares com a tua consciência limpa.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: raquel_azul (IP registado)
Data: 04 de August de 2009 23:34

Olá mfátima!

A propósito de casamento e baptismo no mesmo dia, confesso que fui testemunha involuntária (estava à espera da próxima cerimónia na qual ia cantar) de uma celebração conjunta dessa natureza, pelo que creio que se pode assumir que ela é possível. Foi em Meca, Alenquer.

Quanto ao assunto da declaração de nulidade do teu matrimónio, creio que deverias tentar contactar as entidades competentes para o assunto. Afinal, muito embora não estejas por dentro da cabeça do teu marido, parece-me que uma pessoa que enceta relações extra-matrimoniais em tão pouco tempo de casamento, não pode ter sido séria relativamente ao compromisso assumido, na altura em que foi assumido. Mas isto sou só eu a ser um nadinha sentenciosa... Da situação, obviamente. Afinal, estamos a discutir ideias...

Desejo-te as maiores felicidades para ti e para a tua menina.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Isabella (IP registado)
Data: 11 de August de 2009 18:54

mfatima

Vai casar novamente pela igreja? Por que? CASOU UMA VEZ, CHEGA!

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Anori (IP registado)
Data: 11 de August de 2009 19:56

Há quem case e baptize os filhos no mesmo dia...é possível.

A normalidade como é referida vai deixando de ser...se antes os nossos pais se casavam à pressa por causa da gravidez antes do casamento, hoje essa questão não se coloca...como se houvesse uma incompatibilidade! Até me questiono acerca do futuro, com a maioria dos casais a preferir o tão em voga "juntar", "morar junto"...onde haverá crianças para baptizar um dia destes?

Não sou casada, não tenho experiência no que diz a burocracias de anulações de casamentos, pelo que dizem então é complicado...enfim...agrava apenas uma situação que já não é sustentável...provar as más intenções à data do casamento, é completamente anedótico, qualquer pessoa nessa altura não casaria, por isso essa hipótese nem faz sentido...é o mesmo que deixar de haver suspeitos, só pode prender-se em flagrante delito...enfim! Deus deve estar contentissimo com esta situação.
Já me questionei imensas vezes sobre isto, e não faz sentido para mim, não faz simplesmente...e por isso acontece sempre atribuir como se costuma dizer caracteristicas a Deus, mas é a unica forma de fazer sentido...quererá Deus duas pessoas eternamente infelizes, a cometer crimes contra a sua própria felicidade só porque o Homem o declarou casados perante Deus? Porque não os separa da mesma forma e simplicidade que os une? Se com alguma relutância casa alguns, porque não com mais facilidade os "separa"?...isto tudo claro perante Deus, não que ele se chateie, mas para a necessidade que o homem tem de o fazer!!

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Tania Novas (IP registado)
Data: 13 de May de 2012 05:33

Casei-me em 1983, divorciei-me em 2000 nunca mais me casei nem penso nisso entretanto meu ex marido casou-se com uma moça que ficou grávida e que agora a menina tem 11 anos. Essa moça antes de casar-se com ele morava com outra mulher como se casadas fossem. Há 2 anos ela fez uma viagem Portugal e meu filho que trabalha em navio estava na Europa e convidou-a a ficar com ele por uma semana. Nessa semana essa moça passou com uma mulher causando embaraço para meu filho e falando mal do pai dele pra todos os amigos de trabalho de meu filho. Separou-se do meu ex marido e recentemente voltaram a viver juntos. Agora ela quer que eu anule o meu casamento religioso pois diz que a filha reclama que ela não participa da eucaristia e que casar-se no religioso é um sonho de fé que ela tem. Sou obrigada a concordar com isso? Desde pequena fui educada por minha avó que ensinou-me que casamento é um só perante Deus. Essa moça fica me provocando através da internet, convidando amigas para o casamento dela que será próximo sem que eu tenha concordado com isso. Por favor me esclareçam se eu tenho que assinar esses documentos que ela quer me enviar ou se eu posso simplesmente ignora-lo. Corro o risco dela entrar com o processo sem meu conhecimento e simplesmente anular alegando desconhecer meu paradeiro, uma vez que não moro na mesma cidade que eles eme recuso a dar meu endereço. Agradeço qualquer ajuda que puderem dar.

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Rui Vieira (IP registado)
Data: 13 de May de 2012 14:39

Se nenhum dos dois era batizado, e o seu marido se batizar, vigora o chamado "privilégio paulino". O matrimónio dissolve-se após se saber se a parte não batizada quer ou não receber o batismo. Se a parte não batizada responder negativamente, a parte batizada pode celebrar novo matrimónio, dissolvendo-se o primeiro. (Codigo de Direito Canónico, canones 1143 a 1146).

Pelo que escreve, presumo que não seja esta a situação.
Não existem, no seu caso, motivos para declarar a nulidade do matrimónio.
As causas que existem não se aplicam aqui.
Não tem que assinar nada.

Mas, tenha em atenção o canone 1707, acerca da morte presumida do conjuge.
Neste caso, depois do Bispo diocesano efetuar as investigações, se se concluir da certeza moral da morte do conjuge (neste caso, voce), o outro conjuge pode ser declarado livre do vínculo matrimonial.

Tenha cuidado com estas propostas para assinar papeis; pode ser uma burla.
Elimine esses contactos do seu messenger e redes sociais, e viva tranquila.

Concede, Senhor, que eu bem saiba se é mais importante invocar-te e louvar-te, ou se devo antes conhecer-te, para depois te invocar. Mas alguém te invocará antes de te conhecer? Porque, te ignorando, facilmente estará em perigo de invocar outrem. Porque, porventura, deves antes ser invocado para depois ser conhecido? Mas como invocarão aquele em que não crêem? Ou como haverão de crer que alguém lhos pregue? Com certeza, louvarão ao Senhor os que o buscam, porque os que o buscam o encontram e os que o encontram hão de louvá-lo (S. Agostinho, Confissões)

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Tania Novas (IP registado)
Data: 13 de May de 2012 17:55

Sr. Rui já deletei ambos dos meus contatos não quero nem ouvir falar mais desse dois e não há como haver uma morte moral minha até porque duvido que meus filhos permitiriam isso. E como disse antes não vou assinar nenhum papel. Só a título de esclarecimento eu e meu ex marido fomos batizados. Quanto a crisma não sei responder por ele, mas eu fu crismada e fiz minha primeira comunhão aos 10 anos.
Aproveitando e abusando um pouco de sua boa vontade e conhecimentos, poderia por favor me esclarecer quais as implicações de uma anulação dessa natureza na vida dos filhos?

Re: anular casamento religioso
Escrito por: Tania Novas (IP registado)
Data: 13 de May de 2012 17:56

Sr. Rui me perdoe, esqueci o mais importante: Agradecer a sua atenção. Muito obrigada, de coração.

Ir para a página: 12Próximo
Página actual: 1 de 2


Desculpe, apenas utilizadores registados podem escrever mensagens neste fórum.
Por favor, introduza a sua identificação no Fórum aqui.
Se ainda não se registou, visite a página de Registo.

Nota: As participações do Fórum de Discussão são da exclusiva responsabilidade dos seus autores, pelo que o Paroquias.org não se responsabiliza pelo seu conteúdo, nem por este estar ou não de acordo com a Doutrina e Tradição da Igreja Católica.