Fóruns Paroquias.org
paroquias.org

  A participação no Fórum Paroquias.org está condicionada à aceitação das Regras de Funcionamento.
Inteligência Espiritual
Fóruns Paroquias.org : Bíblia

 

Ir para tópico de discussão: AnteriorPróximo
Ir para: Lista de fórunsLista de mensagensNovo tópicoPesquisarEntrar
Dogma da Santíssima Trindade - Pedido de ajuda.
Escrito por: M. Martins (IP registado)
Data: 09 de May de 2018 10:40

Bom dia, após uma longa ausência nos fóruns, (embora quase diariamente me sirva da Bíblia dos Capuchinhos e respectivas notas deste site), venho pedir que me me ajudarem a desmontar a "lógica" do texto abaixo que um TJ me envio, no qual me quer demonstrar que o Dogma da Santíssima Trindade é ilógico.

ILÓGICA DA TRINDADE

Jesus é Filho de Deus ou Filho do Pai? O Espírito Santo é de Deus ou é Deus? O que diz a Trindade?

RESPOSTA: A Trindade é 1 Deus e formada por 3 pessoas distintas, o Pai não é as outras 2 pessoas, o Filho não é as outras 2 pessoas e o Espírito Santo não é as outras 2 pessoas. Mas as 3 pessoas juntas compõe uma tríade formando 1 Deus que é a Trindade. O Pai não é um deus, o Filho não é um deus e o Espírito Santo não é um deus. São 3 pessoas que não são deuses e juntas formam 1 Deus que é a Trindade. O Pai depende do Filho e do Espírito Santo para ser Deus na Trindade, o Filho depende do Pai e do Espírito Santo para ser Deus na Trindade e o Espírito Santo depende do Pai e do Filho para ser Deus na Trindade. Não temos mais o Pai como Deus Onipotente, porque o Pai agora é totalmente dependente da Trindade para poder existir. Podemos também destacar outros detalhes absurdos da doutrina da Trindade respondendo as perguntas no tópico:

Filho de Deus = Filho da Trindade

– Jesus é Filho de Deus ou da Trindade? Em nenhum lugar das Escrituras Jesus é Filho da Trindade. Pedro por inspiração diz: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.” (Mateus 16:16) Se a Trindade é Deus então Jesus é Filho da Trindade, e o Pai é apenas umas das 3 pessoas que compõe a Trindade que é o único Deus, e ele mesmo não é um deus e nem mesmo é o Deus de Jesus, porque o Deus de Jesus é a Trindade e não o Pai. O Pai e o Filho são somente 2 pessoas que compõe a Trindade, que é o único Deus. Então temos um problema na aceitação da Trindade, como mostra o texto de João 17:3: “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” Se a Trindade é real então teríamos: “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro que é a Trindade, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” O Pai não é Deus, mas uma das 3 pessoas da Trindade que é o único Deus, a Trindade envia Jesus que também não é um deus a terra. Pois então trinitário, como fica o Jesus 100% homem e 100% Deus na terra? Mistério?

Filho do Pai = Filho do Pai

– Se o Pai não é Deus porque Deus é a Trindade, Jesus sendo Filho do Pai é Filho de uma das pessoas da Trindade que não é Deus. Isso acaba por invalidar a oração que Jesus nos ensinou do “Pai nosso”, porque estaríamos adorando uma das 3 pessoas da Trindade (o Pai) que não é Deus. (Mateus 6:9-13) Para isso ser corrigido Jesus teria que mudar a oração para “Trindade nossa que estás nos céus! Santificado seja o teu nome . . .”. (v. 9) Temos agora o segundo problema, em nenhum lugar das Escrituras Jesus mandou santificar o nome da “Trindade”. E Trindade não é nome, é um ente que une 3 pessoas que não são deuses, mas 1 Deus - o nome esta somente no Pai (Jeová) e no Filho (Jesus), o espírito santo é uma metonímia do Pai e também não tem nome. O “nome” não esta na Trindade que é algo e não alguém, a Trindade não é uma pessoa, ela é uma tríade de pessoas. Agora temos o terceiro problema, se a Trindade não é uma pessoa, e Deus é uma pessoa (Deut 6:4), Deus não pode ser a Trindade. Deus poderá ser a Trindade somente na imaginação do trinitário. Se a Trindade é algo que tem origem na mente humana então é um falso Deus.

O Espírito Santo = Deus

– Se o Espírito Santo é Deus então a Trindade não é Deus. Porque a Trindade é 1 Deus formado por 3 pessoas que não são deuses. Para a Trindade ser real só resta a opção do Espírito Santo ser de Deus. Agora temos o segundo problema para os trinitários, se o Espírito Santo é de Deus, então ele é da Trindade que é o único Deus e não do Pai que não é um deus. Jesus também teria que corrigir a frase dita por ele mesmo: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador [espírito santo] . . .” (João 14:16); para “Eu rogarei a Trindade . . .”. O Pai não poderia mais mandar o seu espírito santo, porque o Pai é somente uma das 3 pessoas da Trindade e não é Deus. Se Jesus é na verdade uma das 3 pessoas da Trindade ele poderia ter dito “Eu rogarei a mim mesmo . . .” mas rogou ao PAI que é o Deus dele e não a Trindade. (Leia João 4:23, 24) O terceiro problema é que o espírito santo na Bíblia se refere também como os “dedos” de Deus. ( Lucas 11:20; - Bíblia de Jetusalém.) Se o Espírito Santo é uma das 3 pessoas da Trindade então poderíamos ter também a tríade “Deus Pai, Deus Filho e Deus dedos de Deus” . . . . Assim o espírito santo é de Deus, do Pai, a sua força que se manifesta na Sua criação, “igual ao vento, é invisível, imaterial e poderoso”. – Dicionário Expositivo de Palavras do Novo Testamento, de William Vine.

Autor identificado.

Obrigado pela ajuda.

M. Martins



Desculpe, apenas utilizadores registados podem escrever mensagens neste fórum.
Por favor, introduza a sua identificação no Fórum aqui.
Se ainda não se registou, visite a página de Registo.

Nota: As participações do Fórum de Discussão são da exclusiva responsabilidade dos seus autores, pelo que o Paroquias.org não se responsabiliza pelo seu conteúdo, nem por este estar ou não de acordo com a Doutrina e Tradição da Igreja Católica.