Capela Sto Isidoro
Página Principal Paroquias.org
Inteligência Espiritual

  Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017 - QUINTA-FEIRA da semana II    Orações Terço Via-Sacra Via Lucis

LEITURA I   Is 40, 1-5.9-11

«Preparai o caminho do Senhor»

Leitura do Livro de Isaías

Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus.
Falai ao coração de Jerusalém e dizei-lhe em alta voz
que terminaram os seus trabalhos
e está perdoada a sua culpa,
porque recebeu da mão do Senhor
duplo castigo por todos os seus pecados.
Uma voz clama:
«Preparai no deserto o caminho do Senhor,
abri na estepe uma estrada para o nosso Deus.
Sejam alteados todos os vales
e abatidos os montes e as colinas;
endireitem-se os caminhos tortuosos
e aplanem-se as veredas escarpadas.
Então se manifestará a glória do Senhor
e todo o homem verá a sua magnificência,
porque a boca do Senhor falou».
Sobe ao alto dum monte, arauto de Sião!
Grita com voz forte, arauto de Jerusalém!
Levanta sem temor a tua voz e diz às cidades de Judá:
«Eis o vosso Deus.
O Senhor Deus vem com poder,
o seu braço dominará.
Com Ele vem o seu prémio,
precede-O a sua recompensa.
Como um pastor apascentará o seu rebanho
e reunirá os animais dispersos;
tomará os cordeiros em seus braços,
conduzirá as ovelhas ao seu descanso».

Palavra do Senhor.




SALMO RESPONSORIAL   Salmo 84 (85), 9ab-10.11-12.13-14 (R. 8)

Refrão: Mostrai-nos o vosso amor
e dai-nos a vossa salvação.
Ou: Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia.

Escutemos o que diz o Senhor:
Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis.
A sua salvação está perto dos que O temem
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade,
abraçaram-se a paz e a justiça.
A fidelidade vai germinar da terra
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom
e a nossa terra produzirá os seus frutos.
A justiça caminhará à sua frente
e a paz seguirá os seus passos.




LEITURA II   2 Pedro 3, 8-14

«Esperamos os novos céus e a nova terra»

Leitura da Segunda Epístola de São Pedro

Há uma coisa, caríssimos, que não deveis esquecer:
um dia diante do Senhor é como mil anos
e mil anos como um dia.
O Senhor não tardará em cumprir a sua promessa,
como pensam alguns.
Mas usa de paciência para convosco
e não quer que ninguém pereça,
mas que todos possam arrepender-se.
Entretanto, o dia do Senhor virá como um ladrão:
nesse dia, os céus desaparecerão com fragor,
os elementos dissolver-se-ão nas chamas
e a terra será consumida com todas as obras que nela existem.
Uma vez que todas as coisas serão assim dissolvidas,
como deve ser santa a vossa vida e grande a vossa piedade,
esperando e apressando a vinda do dia de Deus,
em que os céus se dissolverão em chamas
e os elementos se fundirão no ardor do fogo!
Nós esperamos, segundo a promessa do Senhor,
os novos céus e a nova terra,
onde habitará a justiça.
Portanto, caríssimos, enquanto esperais tudo isto,
empenhai-vos, sem pecado nem motivo algum de censura,
para que o Senhor vos encontre na paz.

Palavra do Senhor.




EVANGELHO   Mc 1, 1-8

«Endireitai os caminhos do Senhor»

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos

Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus.
Está escrito no profeta Isaías:
«Vou enviar à tua frente o meu mensageiro,
que preparará o teu caminho.
Uma voz clama no deserto:
‘Preparai o caminho do Senhor,
endireitai as suas veredas’».
Apareceu João Baptista no deserto
a proclamar um baptismo de penitência
para remissão dos pecados.
Acorria a ele toda a gente da região da Judeia
e todos os habitantes de Jerusalém
e eram baptizados por ele no rio Jordão,
confessando os seus pecados.
João vestia-se de pêlos de camelo,
com um cinto de cabedal em volta dos rins,
e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre.
E, na sua pregação, dizia:
«Vai chegar depois de mim quem é mais forte do que eu,
diante do qual eu não sou digno de me inclinar
para desatar as correias das suas sandálias.
Eu baptizo-vos na água,
mas Ele baptizar-vos-á no Espírito Santo».

Palavra da salvação.

Fonte: Secretariado Diocesano da Pastoral Litúrgica de Viseu

Completas

V/ Deus vinde em nosso auxílio.
R/ Senhor socorrei-nos e salvai-nos.
V/ Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo:
R/ Como era no princípio, agora e sempre. Amen.

Façamos uma paragem e passemos em revista o nosso dia. Façamos um exame de consciência, sobre o caminho que nos temos dedicado ao serviço dos outros.


Hino

Nós Te louvamos, Senhor,
Ao terminar este dia.
Desce a noite sobre nós,
Mas a fé nos alumia.

Obrigado pela vida,
Tua dádiva paterna.
Que a apresentemos sem mancha
No esplendor da luz eterna.

Obrigado pelo muito
Que neste dia nos deste.
E perdoa-nos o pouco
Que de nós Tu recebeste.

Porque és Pai e és amigo,
Sentindo-Te a nosso lado,
Damos ao sono da noite
O coração sossegado.

A Ti, Deus Pai de bondade
E a Jesus, Nosso Senhor,
E ao Espírito Paráclito,
Honra, glória e louvor!


Salmodia

Antífona
Não me escondais, Senhor, a vossa face, porque em Vós confio.

Salmo 142, 1-11
Ouvi, Senhor, a minha oração, *
pela vossa fidelidade, escutai a minha súplica; +
atendei-me, pela vossa justiça.
Não chameis ajuízo o vosso servo, *
porque ninguém é justo diante de Vós.

O inimigo persegue a minha alma, *
lançou por terra a minha vida,
atirou comigo para as trevas, *
como se há muito tivesse morrido.
Quebrantou-se-me o ânimo, *
gelou-se-me o coração dentro do peito.

Recordo os dias de outrora, *
medito em todas as vossas obras +
te considero as maravilhas que operastes.
Estendo para Vós as minhas mãos: *
como terra sem água, a minha alma tem sede de Vós.

Ouvi-me, Senhor, sem demora, *
porque se apaga a minha vida.
Não me escondais a vossa face: *
seria como os que descem ao sepulcro.

Fazei-me sentir, desde a manhã, a vossa bondade, *
porque em Vós confio.
Mostrai-me o caminho a seguir, *
porque a Vós elevo a minha alma.

Livrai-me dos meus inimigos, *
porque em Vós ponho a minha esperança.
Ensinai-me a cumprir a vossa vontade, *
porque sois o meu Deus.

O vosso espírito de bondade *
me conduza por caminho recto.
Por vosso nome, Senhor, conservai-me a vida, *
por vossa clemência, tirai da angústia a minha alma.

Antífona.
Não me escondais, Senhor, a vossa face, porque em Vós confio.


Leitura Breve 1 Pedro 5, 8-9

Sede sóbrios e estai vigilantes: o vosso inimigo, o demónio, anda à vossa volta, como leão que ruge procurando a quem devorar. Resisti-lhe firmes na fé.

Responsório Breve
V. Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.
R. Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.
V. Senhor, Deus fiel, meu Salvador.
R. Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.


Benedictus

Bendito o Senhor, Deus de Israel *
Que visitou e redimiu o seu povo
E nos deu um Salvador poderoso *
Na casa de David, seu servo,
Conforme prometeu pela boca dos seus santos, *
Os profetas dos tempos antigos,

Para nos libertar dos nossos inimigos *
E das mãos daqueles que nos odeiam
Para mostrar a sua misericórdia a favor dos nossos pais, *
Recordando a sua sagrada aliança
E o juramento que fizera a Abraão, nosso pai, *
Que nos havia de conceder esta graça:

De O servirmos um dia, sem temor, *
Livres das mãos dos nossos inimigos,
Em santidade e justiça na sua presença, *
Todos os dias da nossa vida.

E tu, Menino, serás chamado Profeta do Altíssimo, *
Porque irás à sua frente a preparar os seus caminhos,
Para dar a conhecer ao seu povo a salvação *
Pela remissão dos seus pecados,

Graças ao coração misericordioso do nosso Deus, *
Que das alturas nos visita como Sol Nascente,
Para iluminar os que jazem nas trevas e nas sombras da morte *
E dirigir os nossos passos no caminho da paz.

Glória ao Pai e ao Filho *
E ao Espirito Santo,
Como era no princípio, *
Agora e sempre. Amen.


Oração

Iluminai, Senhor, esta noite e concedei-nos um descanso tranquilo, para que amanhã nos levantemos em vosso nome e possamos contemplar, alegres e felizes, o nascer do novo dia. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amen.

V. O Senhor omnipotente nos dê uma noite tranquila e no fim da vida uma santa morte.
R. Amen.


Magnificat

A minha alma glorifica o Senhor *
E o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.

Porque pôs os olhos na humildade da sua Serva: *
De hoje em diante me chamarão bem aventurada todas as gerações.
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: *
Santo é o seu nome.

A sua misericórdia se estende de geração em geração *
Sobre aqueles que o temem.
Manifestou o poder do seu braço *
E dispersou os soberbos.

Derrubou os poderosos de seus tronos *
E exaltou os humildes.
Aos famintos encheu de bens *
E aos ricos despediu de mãos vazias.

Acolheu a Israel, seu servo, *
Lembrado da sua misericórdia,
Como tinha prometido a nossos pais, *
A Abraão e à sua descendência para sempre

Glória ao Pai e ao Filho *
E ao Espírito Santo,
Como era no princípio, *
Agora e sempre. Amen.


Esta semana
  Dom, 10 Dezembro
DOMINGO II DO ADVENTO
  Seg, 11 Dezembro
  Ter, 12 Dezembro
  Qua, 13 Dezembro
S. Luzia, virgem e mártir
  Qui, 14 Dezembro
S. João da Cruz, presbítero e doutor da Igreja
  Sex, 15 Dezembro
  Sáb, 16 Dezembro
  Dom, 17 Dezembro
DOMINGO III DO ADVENTO

Clique na data para ler a Liturgia do respectivo dia.



 

   
 


© 1999-2017 Paroquias.org