Índice · Ler a Bíblia · Pesquisa Avançada · Ajuda
     
 
Inteligência Espiritual
 

Zacarias 1


PRIMEIRA PARTE (1,1-8,23)

Introdução
(1,1-6)


1 Convite à conversão - 1*No oitavo mês do segundo ano do reinado de Dario, a palavra do SENHOR foi dirigida ao profeta Zacarias, filho de Baraquias, filho de Ido, nestes termos:
2«O SENHOR ficou muito irado contra os vossos pais. 3Tu lhes dirás: Assim fala o SENHOR do universo: voltai-vos para mim - oráculo do SENHOR do universo - e Eu voltarei para vós, diz o SENHOR do universo. 4Não sejais como os vossos pais, contra quem os profetas do passado clamaram dizendo: 'Assim fala o SENHOR do universo: Deixai os vossos maus caminhos e as vossas más acções.' Mas eles não escutaram e não me prestaram atenção - oráculo do SENHOR.
5*Vossos pais, onde estão eles? E os vossos profetas, acaso vivem para sempre? 6Ao contrário, as minhas palavras e os meus decretos, que proclamei por intermédio de meus servos, os profetas, não atingiram porventura os vossos pais?
Então eles converteram-se e disseram: 'O SENHOR do universo tratou-nos como tinha resolvido proceder connosco, segundo o nosso proceder e as nossas obras.'»

Primeira Secção
(1,7-6,15)


Primeira visão: os cavaleiros (Ap 6,1-8) - 7*No vigésimo quarto dia do décimo primeiro mês - o mês de Chebat - do segundo ano do reinado de Dario, a palavra do SENHOR foi dirigida ao profeta Zacarias, filho de Baraquias, filho de Ido, nestes termos:
8*«Tive uma visão durante a noite. Era um homem montado num cavalo vermelho entre as murtas do fundo vale; por trás dele havia cavalos ruços, cor de canela e brancos. 9*Eu disse: 'Quem são estes, meu Senhor?' E o anjo que me falava disse-me: 'Vou explicar-te quem são eles.' 10O homem que estava entre as murtas deu esta resposta: 'São aqueles que o SENHOR enviou a percorrer a Terra.' 11*Então eles dirigiram-se ao anjo do SENHOR, que estava entre as murtas, e disseram: 'Acabámos de percorrer toda a Terra e eis que toda a Terra está tranquila e em repouso.' 12*Então o anjo do SENHOR disse em resposta: 'SENHOR do universo, até quando tardarás a compadecer-te de Jerusalém e das cidades de Judá, às quais fazes sentir a tua cólera, desde há setenta anos?' 13Ao anjo que falava comigo o SENHOR respondeu com palavras boas, palavras de consolação.
14*Então o anjo que me falava disse-me: 'Proclama isto: Assim fala o SENHOR do universo: Estou animado de ardente amor por Jerusalém e por Sião; 15*e estou sumamente irritado com as nações orgulhosas, porque enquanto Eu estava só levemente irritado, elas colaboraram com o mal. 16*Por isso, assim fala o SENHOR, Eu me volto de novo para Jerusalém com compaixão: o meu templo será aí reconstruído - oráculo do SENHOR do universo - e a corda será estendida sobre Jerusalém. 17Proclama ainda: Assim fala o SENHOR do universo: As minhas cidades abundarão ainda de bens; o SENHOR terá outra vez piedade de Sião e a sua escolha cairá ainda sobre Jerusalém.'»

 

ESTA PÁGINA ENCONTRA-SE EM TESTE!
Caso detecte alguma incorrecção, POR FAVOR, informe-nos.

 

© DIFUSORA BÍBLICA - Reservados todos os direitos. É proibida a reprodução, total ou parcial,
do texto ou das ilustrações, sem autorização, por escrito, da Editora.