Índice · Ler a Bíblia · Pesquisa Avançada · Ajuda
     
 
Inteligência Espiritual
 

Salmos 140


140 (139) ORAÇÃO CONTRA OS MAUS
Salmo individual de súplica. O salmista pede para ser libertado dos caluniadores venenosos (v.2-4) e dos inimigos emboscados (v.5-6); invoca o Senhor (v.7-9), faz pedidos de castigo para os inimigos (v.10-12) e exprime a sua esperança de que Deus conduzirá os justos pela mão (v.13-14).

1Ao director do coro. Salmo de David.

2Livra-me, SENHOR, do homem mau;
defende-me do homem violento:
3dos que planeiam o mal em seu coração
e todos os dias promovem discórdias.
4*Afiam a sua língua como serpentes
e escondem nos lábios veneno de víboras.
5Protege-me, SENHOR, das mãos do ímpio;
defende-me dos homens violentos,
que preparam tropeços para os meus pés.
6*Os insolentes escondem armadilhas contra mim;
estenderam uma rede à beira do caminho;
armaram laços para eu cair.

7*Disse ao SENHOR: "Tu és o meu Deus!"
Escuta, SENHOR, a voz da minha súplica.
8SENHOR, meu Deus, meu poderoso defensor,
protege a minha cabeça no dia do combate.
9Não escutes, SENHOR, os desejos do ímpio;
não permitas que se realizem os seus planos.
10Não mais levantem a cabeça os que me cercam;
caia sobre eles a malícia dos seus lábios.
11Chovam sobre eles carvões acesos;
sejam atirados para covas donde não mais se levantem.
12Que os caluniadores não estejam firmes na terra;
que a desgraça persiga os homens violentos.

13*SENHOR, eu sei que defendes a causa do indigente
e fazes justiça ao pobre.
14Por isso, os justos louvarão o teu nome
e os homens rectos viverão na tua presença.

 

ESTA PÁGINA ENCONTRA-SE EM TESTE!
Caso detecte alguma incorrecção, POR FAVOR, informe-nos.

 
 

© DIFUSORA BÍBLICA - Reservados todos os direitos. É proibida a reprodução, total ou parcial,
do texto ou das ilustrações, sem autorização, por escrito, da Editora.