Índice · Ler a Bíblia · Pesquisa Avançada · Ajuda
     
 
Inteligência Espiritual
 

Jeremias 1


I. ORÁCULOS DIRIGIDOS AO POVO DE DEUS
(2,1-25,14)


1 1Palavras de Jeremias, filho de Hilquias, um dos sacerdotes que viviam em Anatot, terra de Benjamim, 2a quem foi dirigida a palavra do SENHOR no tempo de Josias, filho de Amon, rei de Judá, no décimo terceiro ano do seu reinado; 3e também no tempo de Joaquim, filho de Josias, rei de Judá, até ao fim do décimo primeiro ano do reinado de Sedecias, filho de Josias, rei de Judá, aquando da deportação dos habitantes de Jerusalém, no quinto mês.

Vocação de Jeremias (Jz 6,11-24; 13,1-25; 1 Sm 3; Is 6,1-13; Ez 2)
4*A palavra do SENHOR foi-me dirigida nestes termos:
5«Antes de te haver formado no ventre materno,
Eu já te conhecia;
antes que saísses do seio de tua mãe,
Eu te consagrei e te constituí
profeta das nações.»
6E eu respondi: «Ah! Senhor DEUS,
eu não sei falar, pois ainda sou um jovem.»
7Mas o SENHOR replicou-me:
«Não digas: 'Sou um jovem'.
Pois irás aonde Eu te enviar
e dirás tudo o que Eu te mandar.
8Não terás medo diante deles,
pois Eu estou contigo para te livrar»
- oráculo do SENHOR.
9*Em seguida, o SENHOR estendeu a sua mão, tocou-me nos lábios e disse-me: «Eis que ponho as minhas palavras na tua boca; 10a partir de hoje, dou-te poder sobre os povos e sobre os reinos, para arrancares e demolires, para arruinares e destruíres, para edificares e plantares.»
11*Depois foi-me dirigida a palavra do SENHOR nestes termos: «Que vês, Jeremias?» E eu respondi: «Vejo um ramo de amendoeira.» 12«Viste bem - disse-me o SENHOR - porque Eu vigiarei sobre a minha palavra para a fazer cumprir.»
13Foi-me dirigida, de novo, a palavra do SENHOR: «Que estás a ver?» Respondi: «Vejo uma panela a ferver, cuja fervura se volta para o lado Norte.» 14E o SENHOR retorquiu-me:
«Do Norte virá a desgraça
sobre todos os habitantes do país.
15Eis que vou convocar
todas as famílias dos reinos do Norte
- oráculo do SENHOR.
Eles virão colocar cada um o seu trono
junto das portas de Jerusalém,
em torno das suas muralhas
e contra todas as povoações de Judá.
16Então julgá-las-ei
em razão das suas maldades:
por me terem abandonado
para oferecer incenso a outros deuses,
adorando a obra das suas próprias mãos.
17Tu, porém, cinge os teus rins,
levanta-te e diz-lhes tudo o que Eu te ordenar.
Não temas diante deles;
se não, serei Eu a fazer-te temer na sua presença.
18E eis que hoje te estabeleço
como cidade fortificada,
como coluna de ferro
e muralha de bronze,
diante de todo este país,
dos reis de Judá e de seus chefes,
dos sacerdotes e do povo da terra.
19Far-te-ão guerra, mas não hão-de vencer,
porque Eu estou contigo para te salvar»
- oráculo do SENHOR.

 

ESTA PÁGINA ENCONTRA-SE EM TESTE!
Caso detecte alguma incorrecção, POR FAVOR, informe-nos.

 

© DIFUSORA BÍBLICA - Reservados todos os direitos. É proibida a reprodução, total ou parcial,
do texto ou das ilustrações, sem autorização, por escrito, da Editora.