Índice · Ler a Bíblia · Pesquisa Avançada · Ajuda
     
 
Inteligência Espiritual
 

Joel 1


I. PRAGA DOS GAFANHOTOS
(1,2-2,27)


1 1Palavra do SENHOR dirigida a Joel, filho de Petuel.

Lamentações. O país devastado (Ex 10,1-20; Dt 28,38-42)
2*Ouvi isto, anciãos!
Prestai ouvidos, vós todos os habitantes do país!
Aconteceu tal coisa em vossos dias
ou nos dias dos vossos pais?
3Contai-o a vossos filhos,
e vossos filhos contem-no a seus filhos,
e os seus filhos, à geração vindoura.
4*O que o gafanhoto deixou, o saltão devorou;
o que o saltão deixou, a larva devorou;
o que a larva deixou, a crisálida devorou!
5*Despertai, ó ébrios, e chorai!
Vós, bebedores de vinho, lamentai-vos
porque o mosto vos foi tirado da boca.
6*O meu país foi invadido por uma multidão
forte e inumerável,
os seus dentes são como dentes de leão,
e as mandíbulas, como de leoa.
7Devastou a minha vinha,
destruiu a minha figueira,
tirou-lhe a casca e deitou-a fora.
Os seus ramos tornaram-se brancos.
8*Chorai como chora uma donzela, vestida de saco,
o marido da sua juventude.
9*Deixou de haver oferendas e libações
no templo do SENHOR.
Estão de luto os sacerdotes,
os ministros do SENHOR.
10Os campos estão devastados,
a terra enlutada
porque o trigo foi destruído,
o vinho, perdido
e o azeite, estragado.
11Os lavradores estão desiludidos,
os vinhateiros lamentam-se,
por causa do trigo e da cevada,
pois a colheita perdeu-se.
12*A vinha secou,
a figueira murchou,
a romãzeira, a palmeira, a macieira,
todas as árvores do campo estão secas.
E secou, até, a alegria
dos filhos dos homens.

Exortação ao arrependimento
13Cingi-vos, sacerdotes, e chorai.
Lamentai-vos, ministros do altar.
Vinde, passai a noite vestidos de saco,
ministros do meu Deus.
Porque, da casa do vosso Deus, desapareceram
as ofertas e libações.
14*Ordenai um jejum,
proclamai uma reunião sagrada.
Reuni, anciãos, todos os habitantes do país
na casa do SENHOR, vosso Deus,
e clamai ao SENHOR.
15*Ai que Dia!
Pois o Dia do SENHOR está próximo.
E virá como a devastação
da parte do devastador.
16*Acaso não desapareceu o alimento
de sob os nossos olhos
como da casa do nosso Deus,
a alegria e o regozijo?
17As sementes apodreceram
debaixo das leivas,
os celeiros estão vazios,
os armazéns arruinados,
pois o trigo secou.
18Como gemem os animais!
As manadas de bois andam errantes
porque não há pasto para elas.
Até os rebanhos de ovelhas perecem!
19*Clamo por ti, SENHOR!
Pois o fogo devora
toda a verdura da estepe.
A chama queimou
todas as árvores do campo.
20Os próprios animais selvagens
suspiram por ti,
pois secaram
as correntes de água,
e o fogo devorou
toda a verdura da estepe.

 

ESTA PÁGINA ENCONTRA-SE EM TESTE!
Caso detecte alguma incorrecção, POR FAVOR, informe-nos.

 

© DIFUSORA BÍBLICA - Reservados todos os direitos. É proibida a reprodução, total ou parcial,
do texto ou das ilustrações, sem autorização, por escrito, da Editora.